segunda-feira, 4 de julho de 2011

Retículo Endoplasmático Rugoso (RER)



Este tipo de reticulo é formado por um sistema de túbulos achatados (cisternas) e ribossomos aderidos à membrana o que lhe confere aspecto granular.

O reticulo endoplasmático rugoso ou granuloso participa da síntese de proteínas, que serão enviadas para o exterior das células e também participa de modificações pós-traducionais protéicas, sulfatação, pregueamento e glicosilação.

O reticulo endoplasmático é também chamado ergastoplasma, palavra originada do grego ergozomai, que significa elaborar, sintetizar, fabricar. Esse tipo de retículo é muito desenvolvido em células com função secretora.

É o caso muito comum, por exemplo, das células do pâncreas, que secretam as enzimas digestivas, e também o caso das células caliciformes da parede do intestino, que secretam o muco.

A microscopia eletrônica revelou a presença, no interior do citoplasma, de um retículo de membranas lipoprotéicas que foi denominado retículo endoplasmático (RE).

Conforme a posição das membranas, podemos distinguir a existência de túbulos e sáculos ou vesículas achatadas.

O retículo endoplasmático rugoso apresenta um papel muito importante em nossas vidas, eis aqui as suas seguintes funções: aumenta a superfície interna da célula, o que amplia o campo de atividade das enzimas, facilitando a ocorrência de reações químicas necessárias ao metabolismo celular, síntese de proteínas (sua principal função) e armazenamento.

Graças aos ribossomos aderidos as suas membranas, o reticulo endoplasmático granuloso atua na produção de certas proteínas celulares, como o colágeno que é uma proteína produzida pelo RER do fibroblasto.

Em resumo: são túbulos e sacos achatados recobertos externamente por ribossomos que sintetizam moléculas de proteína que são conduzidas para o interior.

Trabalho dos acadêmicos: ELIANE MARIA GERELLI, GIOVANI DRESCH, MAIARA S. DE OLIVEIRA E RODRIGO PERSCH

Referencias,  links e fote da ilustração:
1- ROBERTS, E. M. F. ; Hib,J. Bases da Biologia celular e molecular.3. Ed. Rio de janeiro: Guanabara Koogan, 2001;
2- Portal Educacao. Reticulo Endoplasmático Liso e Rugoso. acesso em 04/07/2011.
3- Wikipedia. Reticulo Endoplasmático.acesso em 04/07/2011.
4- Look for diagnosis. Retículo Endoplasmático Rugoso.acesso em 04/07/2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário